Os 10 Maiores Filmes Clássicos Da Sessão Da Tarde

Confira Os 10 Maiores Filmes Clássicos Da Sessão Da Tarde,Quem nasceu entre as décadas de 70 e 80 provavelmente aprendeu a gostar de filmes assistindo-os pela TV, já que na época nem todo mundo tinha um video-cassete em casa (para assistir fitas de locadora) e os cinemas muitas vezes exigiam uma idade mínima para entrar. Tudo isso fez com que a TV se tornasse, ao longo dos anos, no principal meio de difusão de filmes de todos os gêneros.

Naquela época, era bem mais fácil se divertir assistindo a um bom filme a qualquer hora do dia, principalmente à tarde, graças a uma programação mais diversificada das emissoras. E foi a partir do finalzinho dos anos 80 e início dos anos 90 que uma geração cresceu assistindo a determinados filmes que, no início dos anos 2000, ficaram conhecidos como “clássicos da Sessão da Tarde”.
O termo virou praticamente sinônimo de filme dos anos 80, já que durante muitos anos as emissoras (em especial a Globo e o SBT) reprisaram títulos incansavelmente no horário vespertino em sessões como “Cinema em Casa” e “Sessão da Tarde”.
Alguns desses filmes bem que poderiam estar, sem dúvida, no TOP 10 a seguir. A diferença é que muitos encheram o saco e ninguém aguenta mais assistir. Vai dizer que você ainda assiste, com toda aquela vontade, as infinitas reprises de “A Lagoa Azul”? É claro que não!
Pois bem, o TOP 10 abaixo procurou trazer filmes que são “clássicos da Sesssão da Tarde”, mas que nem por isso enjoaram ou deixaram de divertir quando são reprisados (coisa difícil de acontecer nos dias de hoje, vide a tão polêmica Classificação Indicativa).


10 – Alguém Muito Especial (1987)
Muita gente pode não lembrar desse filme, mas ele foi reprisado pela Globo durante toda a década de 90. E sempre no horário da tarde. Além de trazer um elenco de primeira (Eric Stoltz, Mary Stuart Masterson e Lea Thompson) e uma boa trilha-sonora, o filme tem uma temática que tanto fez sucesso nos anos 80: o amor não correspondido. Na história, Stoltz se apaixona pela garota mais desejada da escola, que não lhe dá bola. Ao mesmo tempo, a melhor amiga de Stolz é apaixonada por ele, que também não sabe desse amor secreto. Para quem ainda não viu, vale a pena!
9- Os Heróis Não Têm Idade (1984)
Para quem curtiu a fase do Atari, quando os jogos divertiam não pelos seus gráficos, e sim pelo seu conceito, certamente esse filme trará alguma lembrança. Até porque traz a história de um garoto que se diverte brincando com jogos eletrônicos e inventando histórias de espionagem cujo personagem principal é seu pai. O problema é que o menino acaba se envolvendo em uma aventura real quando descobre, sem querer, que um cartucho de video-game tem uma informação secreta. E isso pode colocar sua vida em perigo. De conhecido no elenco apenas Henry Thomas, o garotinho de “E.T – O Extraterrestre”.
8- Um Tira da Pesada (1984)
Esse foi sem dúvida um dos filmes campeões de reprise da “Sessão da Tarde”, mas que nem por isso deixa de divertir quando é exibido pela Globo. As maluquices de Axel Foley, muito bem interpretadas por Eddie Murphy no auge de sua carreira, são o diferencial do filme, que é cheio de ação e aventura. A trilha-sonora é outro destaque e traz nomes como Glenn Frey (com o tema principal do filme, “The Heat is On”, e seu inconfundível sax) e Patti LaBelle (com a animada “Stir It Up”). No elenco tem ainda Judge Reinhold, outra figurinha conhecida dos filmes oitentistas.
7- Um Dia a Casa Cai (1986)
Tom Hanks foi um dos atores mais requisitados para estrelar comédias nos anos 80. Muitos dos seus filmes se tornaram clássicos da Sessão da Tarde, como “Splash – Uma Sereia em Minha Vida”, “O Homem do Sapato Vermelho” e “Quero Ser Grande”. Com “Um Dia a Casa Cai” não foi diferente. O filme é cheio de cenas hilárias, que divertem até hoje, e é sempre lembrado como um dos melhores da carreira de Hanks. O até então desconhecido Joe Mantegna também está no elenco.
6- Conta Comigo (1986)
O valor da amizade foi um tema também muito frequente nos filmes produzidos nos anos 80. Um deles é “Conta Comigo”, que narra a história de quatro garotos em busca do corpo de um adolescente perdido na mata. Os meninos passam por todo tipo de provação (incluindo a famosa cena em que caem em um rio repleto de sanguessugas) e vão, aos poucos, amadurecendo com os desafios. O elenco do filme é repleto de futuras estrelas de Hollywood, como River Phoenix, Corey Feldman, Kiefer Sutherland e John Cusack, além do já famoso Richard Dreyfuss. A canção “Stand By Me”, de Ben E. King, caiu como uma luva.
5- Sem Licença Para Dirigir (1988)
Houve um tempo em que, para se ter liberdade, era preciso ter carteira de habilitação. E foi em cima disso que “Sem Licença Para Dirigir”, um divertido filme estrelado por Corey Haim (outro astro dos filmes juvenis nos anos 80), prendeu muita gente na frente da telinha quando era reprisado. Para quem não lembra, o filme conta a história de um garoto (Haim) que é reprovado no exame de habilitação. Para poder sair com a garota dos seus sonhos, ele acaba roubando o carro do pai e se envolve em grandes confusões (qualquer semelhança com as chamadas da Globo não é mera coincidência…) O elenco traz ainda Corey Feldman, velho parceiro de Haim nesse tipo de comédia. A trilha-sonora tem como destaque a canção “Get Outta My Dreams, Get Into My Car”, de Billy Ocean.
4- De Volta Para o Futuro (1985)
Se tinha um tema que mexia com a cabeça da molecada nos anos 80 era a tal da “viagem no tempo”. Muitos foram os filmes feitos na época que tratavam do assunto. Mas nenhum alcançou tanto êxito quanto “De Volta Para o Futuro”, estrelado por Michael J. Fox. Ele faz o papel de um estudante que acaba voltando no tempo, mais exatamente para o ano de 1955, a bordo de um DeLorean, sonho de consumo de muito adolescente na época. A música-tema “The Power of Love”, do Huey Lewis and the News, é pura “Sessão da Tarde”.
3- Os Aventureiros do Bairro Proibido (1986)
Curiosamente esse é um dos poucos filmes, considerados “clássicos da Sessão da Tarde”, que não traz um grupo de adolescentes ou uma história envolvendo jovens apaixonados, como geralmente ocorria nos anos 80. Aqui, na verdade, é uma história de fantasia, que se passa em uma Chinatown dominada por um feiticeiro. Apesar do gênero não muito comum para filmes exibidos no horário da tarde, “Os Aventureiros do Bairro Proibido” se tornou, ao longo dos anos, em uma das melhores produções estreladas por Kurt Russel.
2- Os Goonies (1985)
Esse é o melhor exemplo de filme que reúne um simpático elenco, uma boa trilha-sonora e uma envolvente história sobre caça ao tesouro. E não é por menos que “Os Goonies” se tornou em um dos filmes mais adorados da década de 80 e que marcou a infância de muita gente. A canção “The Goonies ‘R’ Good Enough”, de Cyndi Lauper, se transformou praticamente em um hino da “Sessão da Tarde”, tamanho foi o seu sucesso na época.
1- Curtindo a Vida Adoidado (1986)
Ferris Bueller. Esse carinha ficou conhecido mundo afora como o adolescente mais esperto dos anos 80 ao se passar por doente para matar aula no colégio, algo muito comum na época, mas que poucos conseguiam fazer com tanto convencimento quanto ele. E foi justamente essa temática que fez de “Curtindo a Vida Adoidado” o clássico absoluto da “Sessão da Tarde”. Até hoje, o filme consegue divertir sem ser enfadonho. A cena em que Ferris está em plena Chicago, no meio de uma avenida e ao som de “Twist and Shout” (dos Beatles), é antológica.

Posts Relacionados:

  1. Harry Potter 8 Filmes em vídeo de 5 minutos!
  2. E se os titulos dos filmes fossem traduzidos pro Cearês!
  3. Formulario para sair sozinho e chegar tarde!
  4. Jogo de digitação com frases de filmes e livros online!
  5. Oque acontece quanto o marido chega tarde bêbado ou com manchas de baton
Esta entrada foi publicada em Curiosidade e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>